Blog do Spani -

Dá para ter vida saudável sendo Empreendedor

Liderar a própria empresa requer muito esforço, trabalho, abdicação, muita disciplina e equilíbrio em todas as áreas. Mas aliar alta produtividade com um estilo de vida saudável é sucesso certeiro. Afinal, corpo, mente e relações pessoais saudáveis estão intrinsecamente ligados ao êxito profissional.

Seis objetivos fundamentais que o empreendedor deve ter em mente:

  1. Manter uma alimentação equilibrada e o mais saudável possível;
  2. Atividade física pelo menos três vezes na semana (exercícios aeróbicos como corrida ou natação são excelentes no combate ao estresse);
  3. Meditação (já ouviu falar em mindfulness ? Confirma matéria no site do Sebre: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/mindfulness-o-segredo-para-manter-um-time-mais-focado-e-produtivo,cf9e6fc54635e510VgnVCM1000004c00210aRCRD
  4. Sono de Qualidade;
  5. Tempo de lazer e encontros pessoais com família e amigos;
  6. Pequenas pausas durante o dia (vai almoçar? Desligue o celular!).

Uma vez que o planejamento semanal de sua rotina esteja feito, cada ação se tornará um hábito. E sua produtividade e saúde agradecem. Sua empresa mais ainda!

O tema é tão relevante, que segundo a Revista Pequenas Empresas e Negócios (https://revistapegn.globo.com/Banco-de-ideias/Alimentacao/noticia/2018/04/brasileiros-embarcam-na-onda-do-empreendedorismo-saudavel.html ), os empresários (além de modificarem suas próprias vidas através de um estilo de vida saudável) estão investindo em negócios. E lucrando!


Publicado por
Em 7 de junho de 2019

Escrever um comentário

Empreendedorismo que Transforma: a Soul Urbanismo

De jovem aprendiz com receio do futuro a empreendedor e idealizador de uma das maiores startups do Brasil, Augusto Aielo criou a Soul Urbanismo – empresa realizadora dos famosos parklets, as mini praças que podem ocupar uma superfície que poderia ser usada para um ou dois carros em vias públicas

É muito provável que ao circular pela selva de pedras você já sentiu falta de áreas mais arborizadas, de um ambiente mais aconchegante durante a correria diária. Foi justamente esse pensamento que despertou o empreendedor que existe dentro do Augusto. Ele começou no curso Empretec do Sebrae (http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/sc/noticias/por-que-voce-deve-fazer-o-empretec,2853a18de44a8410VgnVCM1000003b74010aRCRD), e foi através dessa metodologia que desenvolveu todas as características de seu comportamento empreendedor e identificou uma ótima oportunidade de negócio. Sem medo de arriscar, Augusto vendeu seu carro e apostou na Soul Urbanismo (http://soulurbanismo.com.br/).

Os parklets são locais aconchegantes que leva as pessoas a sentirem o bem estar que fica escondido durante a correria da rotina. Com foco total nas relações humanas e utilizando a cultura como nova proposta, os parklets faz a gente ter vontade de ir a pé ou de bicicleta ao trabalho, por exemplo, apenas para passar devagar e prestar atenção nos detalhes da vida. É a calmaria da cidade em meio ao caos. Faz a gente lembrar e esquecer ao mesmo tempo o quanto a cidade é grande, servindo para um descanso, encontrar um amigo, ler um livro ou quem sabe até um encontro.

Foi essa ideia simples, leve e genial que fez do Augusto um empreendedor de sucesso, que com atitude e foco conseguiu entender com clareza qual a necessidade do seu público.

Imagem do http://soulurbanismo.com.br/


Publicado por
Em 3 de junho de 2019

Escrever um comentário

Empreendedorismo que transforma: o Recando Vegetariano

Essa é a história do Altino Hornus Danesi, de 65 anos. Em 1981, ele comprou um restaurante que estava prestes a falir, que servia à época cerca de 12 pessoas ao dia. Foi justamente nesse desafio que Altino encontrou a melhor oportunidade de sua vida. O ponto chave aconteceu durante algumas saídas com a família para almoço e jantar, quando tinha muito receio em comer saladas nos restaurantes que frequentava. Foi quando teve a ideia de montar um restaurante para pessoas exigentes como ele, onde pudessem degustar saladas saborosas sem nenhum tipo de preocupação.

O primeiro passo foi procurar o Sebrae (http://ww.sebrae.com.br). Altino confiou em sua própria ideia, nas adaptações propostas pelo Sebrae e se desapegou do plano de negócios antigo. Foi então que o Recanto Vegetariano se ressignificou (http://www.recantovegetariano.com.br/blog/). Com a ajuda de profissionais qualificados, teve acesso a um portfólio amplo que o deu todo o suporte necessário para obter sucesso no novo negócio. Com isso, Altino começou a transformar em perfeição tudo aquilo que ele julgava como maus hábitos em outros restaurantes, tendo sempre como referência a higiene, qualidade e atendimento. E ainda com um diferencial: uma produção própria 100% orgânica de folhas e legumes.

E ele não parou por aí! O restaurante continua crescendo, Altino continua utilizando no dia a dia os conhecimentos que aprendeu no Sebrae. Atualmente, além da produção orgânica, também possui o próprio apiário, onde produz mel fresquinho para os clientes. E um espaço para eventos com capacidade para 240 pessoas.

O Sebrae direcionou para o caminho certo e a equipe toda cresceu junta. O que antes era um restaurante que servia almoço para uma dúzia de pessoas, hoje possui amigos frequentadores famosos, como Xuxa Meneghel, Di Ferrero, Isabeli Fontana, entre outros.

Se o seu sonho é abrir um negócio ou fazer o seu empreendimento crescer, faça como Altino Danesi, procure pelo Sebrae e dê seu primeiro passo rumo ao sucesso!

Gostaria de empreender em 2019? Veja as dicas no http://blogdospani.com.br/ideias-para-empreender/


Publicado por
Em 24 de maio de 2019

Escrever um comentário

Linkedin, utilize a seu favor e alavanque seu negócio!

Sim, é possível! Na área profissional, o Linkedin é a rede social mais colaborativa, possibilitando o fortalecimento do networking e aumento de conexões.  Além das interações, conselhos e dicas de artigos, posts e comentários de contatos e empresas, o Linkedin é uma ferramenta excelente para fazer negócios e prospectar clientes. São mais de 30 milhões de usuários só no Brasil (https://www.linkedin.com/).

Encontrar novos clientes nem sempre é uma tarefa fácil: tem que haver um “match” entre sua empresa e o que o cliente busca. Exige o “timing”- afinal a rede social envolve gente. Mas uma dica preciosa é você escrever, contar sua própria história, como chegou lá, como construiu sua empresa, suas experiências pessoais de relacionamentos com parceiros e clientes. Esse engajamento vai muito além do seu histórico profissional: atinge o coração do seu leitor e possível cliente.

Manter seu público atualizado sobre sua empresa, seus produtos, num trabalho diário e contínuo é fundamental. Não tem saída! É necessário estudar, conhecer pessoas, mexer-se, aprimorar sua conduta, seu marketing pessoal e ter uma auto-avaliação constante (a forma que você se comporta na rede, sua foto e a de sua empresa, os conteúdos que você curte, os comentários que faz e sua escrita mostram MUITO quem você é e precisam estar de acordo com seu ramo de negócios e o perfil do seu cliente).

Criar conteúdo na rede ajuda (e muito!) a conquistar cliente. São posts no feed, vídeos, compartilhamento de artigos de profissionais renomados, publicação de seus próprios artigos (conselhos, dicas, experiências profissionais, vitórias, fracassos, conteúdo técnico, motivacional – assuntos que tenham reflexões e aprendizados). O importante é compartilhar, interagir e contribuir.

Já abriu sua MEI? Saiba mais no post:
http://blogdospani.com.br/como-abrir-seu-mei/


Publicado por
Em 20 de maio de 2019

Escrever um comentário

Conciliar maternidade e carreira profissional: é possível?

A maioria das mulheres passa por esse momento desafiador em suas vidas: lidar com a dificuldade de retornar ao trabalho e deixar seu bebê em casa com babá ou em creche. Algumas enfrentam até mesmo crises de identidade e depressão pós-parto.

Muitas mães lidam com o ápice do estresse ao ter que lidar com a dupla jornada, e ter decisões difíceis para tomar tanto em casa quanto no trabalho. É a contínua preocupação em ser uma boa mãe e, ao mesmo tempo, ser bem-sucedida profissionalmente.

Sensação de vínculo imediato, hormônios em transmutação no corpo, saudade do filho. E para as mães de primeira viagem há o medo do desconhecido. Mesmo sendo um período de profundas mudanças é o mais importante na vida de uma mulher. Foi-se o tempo em que ser mãe era motivo para desistir de uma carreira bem-sucedida. Hoje as profissionais sabem que a maternidade potencializa as competências e ajuda na gestão de carreira e negócios.

O mais importante é não sentir culpa por deixar o filho aos cuidados de outra pessoa, culpa por ficar longe durante o dia, culpa até por querer continuar a profissão. O desafio agora é reconhecer que abrir mão do trabalho pode significar insatisfação profissional futuramente. O essencial é a qualidade do tempo que a mãe terá com sua criança – e não a quantidade. Assim como a maternidade, a carreira também faz parte dos seus sonhos. É possível ser incrível nos dois!

Lembre-se que você não é a primeira mãe a passar por isso nem será a última. Converse com outras mulheres que também tenham dupla jornada. Se for possível, busque acompanhamento psicológico. Não é vergonha não se adaptar no retorno ao trabalho: respeite seu próprio processo.

Esse é só o começo, as fases mudam e as dificuldades também. Mas a saudade sempre permanece.


Publicado por
Em 17 de maio de 2019

Escrever um comentário

Maternidade e trabalho: inspiração de mães que empreendem

A chegada do filho na vida da mulher pode ser uma fase muito intensa. É o momento onde encontra novas perspectivas de vida, o olhar se expande para outros objetivos e outros horizontes. É quando a mãe decide se retorna ou não ao emprego após a licença-maternidade. É nesse momento que o empreendedorismo passa a ser uma necessidade e um empurrão para se reinventar.

Já são mais de 7,3 milhões de mulheres empreendedoras no Brasil, segundo dados do Sebrae. Mais de 70% são mães e encontram, nos seus negócios, uma maneira de conciliar família e trabalho. Uma coisa é certa: para aquelas que desejam continuar trabalhando mas não abrem mão de ficar perto dos filhos, o home office é o trabalho perfeito. Só é preciso lidar com a nova rotina na hora de empreender.

A principal dica para começar seu negócio é o planejamento, tanto da rotina de trabalho quanto a dos filhos, e então conseguir conciliar as duas jornadas. Essa liberdade que do home office pode trazer comodidade, porém é importante não deixar uma jornada sobrepor a outra. Organize sua rotina da semana, colocando todos os compromissos em dias e horários específicos. É importante também que você tenha um ambiente confortável para trabalhar, que mantenha o foco e consiga fazer uma coisa de cada vez. Não dá pra misturar trabalho com casa (e vice-versa) só porque existe essa liberdade.

Faça como muitas mães: aproveite o momento da licença-maternidade para descobrir seu propósito,
cuidar dos filhos e empreender.


Publicado por
Em 15 de maio de 2019

Escrever um comentário

Tudo o que você precisa saber para abrir seu MEI

Você está por dentro do que precisa para abrir sua micro empresa?

A categoria de MEI – Microempreendedor Individual foi criada por lei em 2008 e entrou em vigor no dia 1º de Julho de 2009. Hoje, dez anos depois é possível tirar o registro para sua micro empresa através do site Portal do Empreendedor.

Antes de iniciar a formalização você vai precisar do seu CPF, título de eleitor ou o recibo da última declaração do imposto de renda, caso tenha declarado nos últimos dois anos (não é necessário anexar nenhum deles no cadastro). Também irá ter em mãos o CEP de sua residência e do local onde exercerá sua atividade. Vale à pena conferir com a prefeitura da sua cidade para confirmar se sua atividade pode ser exercida no local escolhido. Por fim, seu número de celular ativo.

Você deverá ser claro sobre qual será sua função exercida. Caso não saiba se sua profissão é permitida, confira a lista de ocupações disponíveis para o cadastro do MEI, clicando aqui.

Atenção: Se você for sócio ou administrador de outra empresa você não poderá abrir MEI. Para quem trabalha com CLT – Consolidação das Leis do Trabalho é possível abrir MEI, porém no caso de servidores públicos é preciso confirmar se sua legislação permite.

Vale ainda considerar que quem recebe algum benefício previdenciário como salário-maternidade, auxílio-doença, auxílio-idoso, aposentadoria por invalidez, Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social, poderá ter o benefício cancelado ao fazer a formalização.

Agora é hora de se formalizar.

Ao formalizar sua empresa, você regulariza sua situação diante do Governo, como Junta Comercial, Receita Federal, Prefeitura e órgãos responsáveis por eventuais licenciamentos, quando necessários.

A formalização é gratuita e feita inteiramente pela internet. O CNPJ, a inscrição na Junta Comercial, no INSS e o Alvará Provisório de Funcionamento são feito de uma só vez com o documento chamado CCMEI – Certificado da Condição de Microempreendedor Individual. O processo é realmente muito prático, sem necessidade de assinaturas ou envio de documentos e cópias.

E depois de se regularizar?

Com o CNPJ do seu MEI aberto, você deverá contribuir mensalmente com R$ 49,90 ao INSS, mais R$ 5,00 para Prestadores de Serviço ou R$ 1,00 que seriam destinados ao Comércio e Indústria. O valor é pago com um boleto emitido no próprio Portal do Empreendedor. Com isso, você garante seu direito à aposentadoria, auxílio doença, licença maternidade, entre outros benefícios.


Publicado por
Em 25 de abril de 2019

Escrever um comentário

Oportunidade para se capacitar na produção de ovos de chocolate

Aprenda a produzir ovos de páscoa neste curso gratuito ofertado em nossas unidades

Pensando em empreender e produzir ovos de chocolate para vender? Aproveite essa oportunidade de capacitação neste curso. As inscrições são abertas para todo o público e devem ser feitas no balcão de atendimento de uma de nossas lojas. É necessário doar um quilo de alimento não perecível. As vagas são limitadas.

Capacitar “transformadores” é o principal motivador dessas ações do Spani. Queremos ajudar você empreendedor, boleiras, doceiras, comerciantes, entre outros, a crescerem.

Veja como foi o curso no dia 20/03, no Spani São José dos Campos – Unidade Aquarius

Muita animação e aprendizado também no curso do dia 25/03 no Spani de Lorena.

Essa ação é resultado de uma parceria com a Harald e Alispec para ensinar nossos clientes a trabalharem com o chocolate, especialmente nessa época de Páscoa.

Agradecemos a participação e empenho de todos.  Acompanhe as próximas datas e lojas que terão o curso de produção de ovos de chocolate e aproveite essa oportunidade.

Agenda de cursos

  • 28/03 – Spani Atibaia
  • 29/03 – Spani Caraguá
  • 10/04 – Spani Mogi das Cruzes
  • 11/04 – Spani Caraguatatuba
  • 15/04 – Spani Guaratinguetá
  • 16/04 – Spani Pindamonhangaba
  • 17/04 – Spani SJC – Aquarius
  • 19/04 – Spani São José dos Campos – Unidade Vista Verde
  • 22/04 – Spani Lorena
  • 24/04 – Spani SJC- Aquarius
  • 25-04 – Spani Atibaia
  • 29/04 – Spani Mogi das Cruzes

Publicado por
Em 27 de março de 2019

Escrever um comentário

O que você pode fazer para melhorar a satisfação dos seus clientes?

A satisfação dos seus clientes irá determinar o tamanho do seu sucesso! 

Os seus clientes estão sempre satisfeitos com seu trabalho? Se sim, significa que eles indicam seu trabalho para outras pessoas e são fiéis aos seus produtor ou serviços. Mas, você acredita que pode melhorar a satisfação dos seus clientes?

No campo de alimentos os principais motivadores são o preço, sabor e conveniência. Os mais recentes motivadores são saúde, bem-estar, impacto social, transparência e experiência com o produto.

Pensando nisso, veja algumas ações práticas que você pode implementar em seu negócio. A primeira coisa que você pode fazer é definir o seu método para saber o grau de satisfação dos clientes. Pode fazer pesquisas online ou presenciais para saber o grau de satisfação real dos seus clientes.

Bom atendimento é um grande diferencial para fidelização dos clientes

Lembre-se que é mais provável alguém que já foi seu cliente voltar a comprar com você é muito maior do que a conquista de um novo cliente em si. Empenhe-se para tratar seus clientes com afinco junto a um atendimento de qualidade e o resultado será clientes cada vez mais leais.

Procure sempre inovar para atender as necessidades novas que surgem. Por exemplo, no setor de alimentos, com a linha produtos fit, desenvolvimento de embalagens biodegradáveis, e produtos para pessoas com restrições alimentares.

Outro ponto importante é manter as expectativas alinhadas de entregas e para isso, é preciso clareza na comunicação. Inclusive o canal aberto de comunicação é o que permite que você possa receber feedbacks e procurar saber o que o cliente realmente quer, para poder se evoluir constantemente.

Esteja sempre atento a praticidade e conveniência de seus serviços. Lembre-se sempre de procurar reforçar sua imagem com transparência e confiança, formando um ciclo virtuoso em que os seus clientes falam bem de você e atraem novos clientes, e assim por diante.


Publicado por
Em 27 de fevereiro de 2019

Escrever um comentário

7 maneiras de você empreender nesta páscoa

Quer empreender nesta páscoa? Para quem gosta de artesanato, decoração e lembrancinhas especiais, a Páscoa é um momento fértil para ideias e criatividade na hora de fazer produtos temáticos. Da mesma forma, se a sua praia for gastronomia, a páscoa está recheada de opções.

Confira 7 inspirações que separamos para você:

1- Lembranças artesanais

Toda data comemorativa é sempre uma boa razão para presentear pessoas queridas e entrar no clima da comemoração, decorando a casa, por exemplo. Você tem habilidade para fazer artesanatos? Aproveite para fazer coelhinhos de tecidos, pelúcia, feltro, EVA, garrafas, potes de vidro, bolinhas de isopor, caixinhas de leite, entre outros materiais.

Os coelhinhos são um dos principais símbolos dessa data e simbolizam a fertilidade e esperança na vida. Trabalhe fazendo encomendas e divulgue seus produtos, pois a demanda existe! Aprenda a fazer coelhinhos com materiais recicláveis, que também podem ser outra opção de produto artesanal, além de você economizar com os materiais.

Aproveite a páscoa e faça peças de artesanato temáticos
Artesanatos são uma boa fonte de renda extra na páscoa

2- Embalagens

Você pode utilizar o gancho dessa data comemorativa e produzir embalagens especiais, para as pessoas embalarem ovos, bombons, frutas, entre outros presentes típicos. Faça embrulhos temáticos como caixinha de ovos decorados, cenourinhas de papel e sacolinhas de tecido em formato de coelho são algumas ideias.

Faça embalagens decorativas e criativas para vender nesta páscoa

3- Ovos de Páscoa caseiros de colher

Os ovos de páscoa caseiros de colher são uma novidade deliciosa que as pessoas amam. Em nosso blog ensinamos você a fazer uma receita de ovos de chocolate de colher que você pode testar e fazer para vender. Mostre que você faz um produto diferenciado, feito com os melhores ingredientes.

4- Ceias de Páscoa tradicionais

As ceias típicas são uma boa dica para quem quer empreender na páscoa no setor alimentício. Muitas pessoas não têm tempo ou habilidade para prepararem suas próprias ceias de páscoa. Bacalhau gratinado, cabrito assado e leitão assado, ensopado de Peixes, lombo de boi, folar de carne são alguns dos principais pratos da ocasião.

Além dos tradicionais ovos de páscoa e chocolates, você pode preparar a tradicional Colomba Pascal ou  Pão de Ló. Vale também se atentar a possibilidade de cozinhar alimentos para pessoas com restrições alimentares, como uma boa oportunidade de negócio.

5- Cestas com produtos especiais da páscoa

As cestas de páscoa são uma boa forma também de inovar nos produtos para vender. Os materiais podem ser diversos, como palha, vime ou bambu. O diferencial será a decoração e os itens escolhidos. Você pode misturar as guloseimas e ovos de páscoa com os itens decorativos e lembrancinhas temáticas.

Bolos e receitas especiais são uma boa opção para empreender na Páscoa

6- Cursos e workshops de Páscoa

E se você for um expert na cozinha ou dos artesanatos, também pode fazer cursos e workshops para ensinar as pessoas a fazerem seus próprios ovos ou produtos de páscoa.  Os cursos podem ser presenciais ou a distância, online. O importante é pensar que podem ter mais pessoas interessadas em aprender o que você tem para ensinar e que você pode lucrar neste negócio.

7- Vista-se de coelho!

Nossa última inspiração é um tanto quanto divertida! Você pode alugar uma fantasia de coelho da Páscoa e montar uma agenda de visitas a escolas, eventos ou famílias. Uma atração especial e uma forma única de fazer a entrega dos ovos de páscoa.


Publicado por
Em 27 de fevereiro de 2019

Escrever um comentário