Você não pode perder as novidades refrescantes desse verão

É hora de você se atualizar e ficar por dentro das últimas novidades no mundo dos refrescos e cervejas.

Tendência Guaraná

A YAS, linha de bebidas gaseificadas com suco de frutas, sem conservantes e corantes, criada pela Coca-Cola, apresentou o novo YAS Guaraná. Com venda exclusiva no Brasil, somam agora 4 sabores Maça & Chá preto, Laranja & Maracujá, Uva e agora também Guaraná.

Outra marca que apostou na fruta guaraná foi a MID, da Ajinomoto Brasil. O lançamento do novo refresco terá parte da venda revertida para projetos em defesa de animais silvestres. O rótulo deste sabor destaca a arara-azul.

Mais uma novidade no portfólio de Coca-Cola Brasil. Conheça as cápsulas de chá Leão nas versões Matte Leão Original e dois sabores da linha premium Leão Senses: Amora, Mirtilo & Baunilha e Maracujá, Laranja & Gengibre. O destaque vai para a origem da matéria-prima: a erva-mate de Matte Leão Original. Ela vem de produtores rurais do Sul do país. Já as ervas de Leão Senses são importadas, principalmente da Europa e Ásia.

Temporada de lançamentos de cervejas

A Ambev apresentou um novo sabor de cerveja para o segmento popular: mandioca. Com o nome Magnífica, o lançamento deverá ser comercializado no Maranhão, com uma proposta regional.   Anteriormente, a marca havia apresentado o rótulo Nossa, para o estado do Pernambuco.

E já que o assunto é cerveja, verão e sabores, outra novidade foi a SKOL Puro Malte. Resultado de cinco anos de desenvolvimento, a cerveja entra para o portfólio de bebidas da marca. A bebida foi desenvolvida em uma parceria entre brasileiros e belgas.


Publicado por
Em 9 de janeiro de 2019

Escrever um comentário

Como fazer trocas práticas e mais saudáveis na alimentação

Depois de tanta festa e férias, para muitos uma das metas é perder os quilinhos que eventualmente pode ter ganhado. Para te ajudar nessa missão, você pode realizar algumas trocas na sua alimentação, sempre com o objetivo de procurar ser mais saudável. Perder quilos que possam estar em excesso acabará sendo uma consequência.

Abra-se para mudanças

Uma das trocas é a farinha branca pela farinha integral, rica em fibras. Vale para pães, bolos, tortas, massas e etc. Opte também pelo arroz integral que é mais saudável que o tradicional arroz branco.

No café da manhã, uma troca que também é importante: os cereais muitas vezes apresentam açúcar, que tal trocar por aveia com frutas?

Hora de assistir filme em casa, prefira a pipoca caseira, em vez da industrializada. Ela pode ser preparada no micro-ondas com com água, milho e sal, e irá preservar os antioxidantes encontrados no milho.

O Molho de tomate caseiro e os temperos naturais também entram na roda e podem se tornar sua primeira opção, já que não possuem conservantes, como os molhos e temperos industrializados.

Resista às deliciosas frituras ricas em óleo e calorias. Você pode grelhar ou assar o mesmo alimento, e ainda conseguirá preservar mais nutrientes.

E na hora daquele delicioso chocolate, escolha os mais amargos, com maior porcentagem de cacau, substância natural e também antioxidante.

Qual outra troca de alimentos você indicaria?


Publicado por
Em 9 de janeiro de 2019

Escrever um comentário

Impressione com um coquetel prático e especial feito de espumante

As festas de início de ano podem estar acabando, mas o verão ainda não. Que tal inovar no drink com um bom espumante?

Inove no drink de verão

Te damos o passo a passo para você fazer o tradicional Rossini e impressionar na praia ou na piscina com os amigos. Esse drink mistura espumante com morangos e é uma variação do clássico Bellini (coquetel italiano que leva pêssego, espumante, e uma dose de licor de framboesa).

Você vai precisar de:

5 unidades de morangos maduros

1 colher de chá de açúcar ou adoçante

1 copo de espumante gelado

1 unidade de morango para decorar Gelo a gosto

Preparo

Bata os morangos picados com açúcar e gelo em uma coqueteleira. Caso não tenha coqueteleira, esmague os morangos no próprio copo.

Adicione o espumante inclinando o copo em 45 graus para manter o gás da bebida. É ele quem fará toda a diferença para a sensação de frescor deste coquetel.

Na apresentação, prefira usar um copo long drink, mais fino. Faça um pequeno corte em um dos morangos para encaixá-lo na borda do copo e pronto! Você pode usar aquele champagne que sobrou da virada do ano ou aproveitar o excelente preço do Salton, no Spani mais perto de você.

Quer mais dicas de receitas?

Veja como preparar O sabor e a qualidade da hamburgueria artesanal na sua casa.


Publicado por
Em 9 de janeiro de 2019

Escrever um comentário

O que é o cooperativismo e como ele pode ajudar em seu negócio?

Em tempos de crise econômica o cooperativismo surge como uma boa possibilidade para empreendedores saírem da crise. Mas você sabe o que ele é e como funciona? Trata-se de um modelo econômico colaborativo. Nele, as pessoas trabalham de forma cooperada, ou seja, em conjunto, a partir de interesses em comum. Seja na área de consumo, educação, saúde, entre outros…Aqui, a ideia é que todos possam se beneficiar, obtendo melhores resultados e mais economia.

O cooperativismo como solução para o empreendedor

Ao fazer uma compra conjunta, por exemplo, é possível negociar preços mais baixos e condições de pagamento diferenciadas. Isso faz com que os lucros de todos aumente.

Por isso, para quem está começando um novo negócio, associar-se a uma cooperativa pode ser uma boa ideia. É como diz aquele velho ditado, “a união faz a força”. O empreendedor pode combinar diferentes competências e oferecer produtos melhores.

Para quem se interessou pela ideia, verifique se já existe uma cooperativa em sua região, pois é possível entrar em uma já existente. Caso não exista, você pode se preparar para abrir uma cooperativa, observando as necessidades locais e viabilidade econômica do negócio. Ao final, um grande diferencial nesse modelo de trabalho é saber atuar em equipe. Cada participante precisa ter bem definida sua função no grupo.


Publicado por
Em 9 de janeiro de 2019

Escrever um comentário

10 ideias para você empreender (mesmo com pouco dinheiro) em 2019

O ano está começando e para quem pensa em empreender em 2019 vale muita leitura, referências e ideias. Separamos 10 áreas que podem te inspirar para empreender, mesmo com pouco dinheiro:

1-Alimentício

Mesmo com pouco dinheiro é possível começar um negócio neste ramo preparando a comida em sua própria casa. Seja para comercializar marmitas, ou bolos e doces. As pessoas têm cada vez menos tempo para prepararem suas próprias comidas e valorizam tudo aquilo que é caseiro e claro, gostoso.

 2- Brechós

Não é de hoje que reaproveitar o antigo, ou o vintage, está em alta. Na crise, as pessoas procuram opções mais baratas e a reutilização de objetos e roupas é uma boa opção. Ainda mais com as redes sociais e internet, é possível abrir um canal de comunicação com pessoas que procuram artigos específicos em todo o país.

3- Consertos e reformas

Da mesma forma, já que as pessoas buscam economia, muitas optam por consertar ou reformar aquilo que já está velho ou antiquado. Além de ser mais sustentável, vale observar: você tem essa expertise, seja para conserto de móveis, eletrodomésticos, roupas etc? Aposte nela!

4- Setor de beleza e bem-estar

O mercado da beleza parece imune à crise e deve crescer ainda mais este ano. Por isso, opções como salão de beleza, cabeleireiro, barbearia, manicure, massagista, esteticista, entre outros, são boas opções para quem possui cursos ou experiência nessas áreas.

Além dos homens terem entrado cada vez mais no mundo dos cosméticos, a busca por opções mais sustentáveis de cosméticos é uma forte tendência para este ano. As pessoas querem comprar produtos que sejam bons para o corpo e gerem menos resíduos para a natureza.

5- Coworking

Está ai uma tendência que deve crescer ainda mais este ano. O desemprego e a procura por trabalhos em casa direcionam as pessoas a buscarem cada vez mais por espaços compartilhados, locais onde mais pessoas, de diversos setores, possam trabalhar em conjunto, os chamados coworkings. Procure se informar sobre esses tipos de espaço em sua cidade e saia na frente.

6- Microcervejarias

Pode parecer um mercado saturado, mesmo assim, a diversidade de aromas e sabores novos que podem ser criados ainda deixam essa área aberta para ser explorada.

7- E-commerce:

Se você quer vender seus produtos, sejam eles artesanais ou industrializados o comércio eletrônico pode ser uma boa opção. Seu cliente pode estar em qualquer lugar e em qualquer hora, sem a necessidade de um espaço físico. Lembre-se de colocar o valor do frete na composição dos preços.

8- Pets

Um dos negócios em alta é o ramo dos pets. Existe espaço para inovar e crescer já que cada vez mais famílias tem animais domésticos que são tratados como verdadeiros membros da família. Aposte na variedade de produtos ou serviços e procure se diferenciar do que já existe.

9-Produtos orgânicos

Os humanos também tem optado por opções de comida com menos agrotóxicos e mudanças genéticas, como comentamos em nosso texto Trocas saudáveis na alimentação. Para o empreendedor que tem afinidade com essa área deixamos também essa inspiração.

10- Serviços gerais

Pode parecer brincadeira, mas muitas pessoas estão sem tempo para atividades corriqueiras do dia a dia, para além de limpar a casa, ou levar o cachorro para passear, você pode montar um negócio para prestação de serviços de coisas simples como levar o carro para o mecânico ou lavar, organização de mudança, uma simples troca de lâmpada, etc.

Vale a pena refletir e pensar qual a ideia que tem mais a ver com você e suas habilidades. Como você pode conferir em nossas dicas do Celso, no texto Como empreender do zero.


Publicado por
Em 9 de janeiro de 2019

Escrever um comentário

Como empreender do zero e começar o seu próprio negócio

Começo de ano é sempre um bom momento para traçar metas e objetivos. Vamos lá?

Confira 3 passos básicos para você começar a empreender do zero em 2019

1- Conheça suas habilidades e defina o seu negócio

Pode parecer estranho (ou não), mas o 1º passo para empreender é você se conhecer. Você precisa saber o que gosta, no que é bom. Afinal, se vai começar seu próprio negócio e se dedicar a ele, o melhor é que seja algo que tenha a ver com você e faça sentido na sua vida. Pense no que te move, o que ama fazer, que tipo de impacto quer causar. Escreva em um papel como você pode ajudar as pessoas. Qual a solução que você quer oferecer com seu negócio. Utilizando tudo que você já sabe, seus talentos, pense no produto ou serviço que poderá fazer a diferença. Procure aliar aquilo que gosta com uma necessidade do mercado.

2- Faça um plano de negócio

Depois que você escolher o serviço ou produto que irá solucionar alguma dor específica do público que escolheu, é hora de pensar no seu plano de negócios.

Qual sua estratégia para produzir e entregar esses produtos ou serviços? Pense nos recursos que serão necessários, de quais equipamentos vai precisar ou quais conhecimentos você precisa ter. Estruture seu modelo de negócios em uma única folha de papel e escreva seu planejamento de custos para equilibrar os gastos e receitas.

3- Mão na massa

É hora de por os planos em ação! Fale com sua rede de contatos e comece com o que você já tem. Conforme você tenha feedbacks e resultados, poderá direcionar e aperfeiçoar seus trabalhos e ampliar os investimentos, profissionalizando seus serviços e produtos. Procure se desenvolver com ajuda de especialistas. Faça um plano de negócios mais detalhado, com novas fontes de financiamento, até abrir a empresa legalmente. Equilibre preparação com ação. Afinal, tudo começa com um primeiro passo. E bom trabalho!


Publicado por
Em 9 de janeiro de 2019

Escrever um comentário