O que você pode fazer para melhorar a satisfação dos seus clientes?

A satisfação dos seus clientes irá determinar o tamanho do seu sucesso! 

Os seus clientes estão sempre satisfeitos com seu trabalho? Se sim, significa que eles indicam seu trabalho para outras pessoas e são fiéis aos seus produtor ou serviços. Mas, você acredita que pode melhorar a satisfação dos seus clientes?

No campo de alimentos os principais motivadores são o preço, sabor e conveniência. Os mais recentes motivadores são saúde, bem-estar, impacto social, transparência e experiência com o produto.

Pensando nisso, veja algumas ações práticas que você pode implementar em seu negócio. A primeira coisa que você pode fazer é definir o seu método para saber o grau de satisfação dos clientes. Pode fazer pesquisas online ou presenciais para saber o grau de satisfação real dos seus clientes.

Bom atendimento é um grande diferencial para fidelização dos clientes

Lembre-se que é mais provável alguém que já foi seu cliente voltar a comprar com você é muito maior do que a conquista de um novo cliente em si. Empenhe-se para tratar seus clientes com afinco junto a um atendimento de qualidade e o resultado será clientes cada vez mais leais.

Procure sempre inovar para atender as necessidades novas que surgem. Por exemplo, no setor de alimentos, com a linha produtos fit, desenvolvimento de embalagens biodegradáveis, e produtos para pessoas com restrições alimentares.

Outro ponto importante é manter as expectativas alinhadas de entregas e para isso, é preciso clareza na comunicação. Inclusive o canal aberto de comunicação é o que permite que você possa receber feedbacks e procurar saber o que o cliente realmente quer, para poder se evoluir constantemente.

Esteja sempre atento a praticidade e conveniência de seus serviços. Lembre-se sempre de procurar reforçar sua imagem com transparência e confiança, formando um ciclo virtuoso em que os seus clientes falam bem de você e atraem novos clientes, e assim por diante.


Publicado por
Em 27 de fevereiro de 2019

Escrever um comentário

Como empreender do zero e começar o seu próprio negócio

Começo de ano é sempre um bom momento para traçar metas e objetivos. Vamos lá?

Confira 3 passos básicos para você começar a empreender do zero em 2019

1- Conheça suas habilidades e defina o seu negócio

Pode parecer estranho (ou não), mas o 1º passo para empreender é você se conhecer. Você precisa saber o que gosta, no que é bom. Afinal, se vai começar seu próprio negócio e se dedicar a ele, o melhor é que seja algo que tenha a ver com você e faça sentido na sua vida. Pense no que te move, o que ama fazer, que tipo de impacto quer causar. Escreva em um papel como você pode ajudar as pessoas. Qual a solução que você quer oferecer com seu negócio. Utilizando tudo que você já sabe, seus talentos, pense no produto ou serviço que poderá fazer a diferença. Procure aliar aquilo que gosta com uma necessidade do mercado.

2- Faça um plano de negócio

Depois que você escolher o serviço ou produto que irá solucionar alguma dor específica do público que escolheu, é hora de pensar no seu plano de negócios.

Qual sua estratégia para produzir e entregar esses produtos ou serviços? Pense nos recursos que serão necessários, de quais equipamentos vai precisar ou quais conhecimentos você precisa ter. Estruture seu modelo de negócios em uma única folha de papel e escreva seu planejamento de custos para equilibrar os gastos e receitas.

3- Mão na massa

É hora de por os planos em ação! Fale com sua rede de contatos e comece com o que você já tem. Conforme você tenha feedbacks e resultados, poderá direcionar e aperfeiçoar seus trabalhos e ampliar os investimentos, profissionalizando seus serviços e produtos. Procure se desenvolver com ajuda de especialistas. Faça um plano de negócios mais detalhado, com novas fontes de financiamento, até abrir a empresa legalmente. Equilibre preparação com ação. Afinal, tudo começa com um primeiro passo. E bom trabalho!


Publicado por
Em 9 de janeiro de 2019

Escrever um comentário

Como tirar uma renda extra no fim de ano?

Para quem é microemprendedor ou trabalha informalmente e não tem uma garantia financeira como o 13º, o fim de ano é uma excelente época para buscar uma renda extra. Será que você está aproveitando essa oportunidade? É tempo de festa e o que as pessoas estão procurando mais? Entre as áreas com maior destaque, temos os presentes de Natal, comidas para o fim de ano e viagens.

Oportunidades

No setor de decoração, as pessoas buscam ornamentos natalinos e, se você tem dotes para artesanato, por exemplo, pode ser uma boa ideia fazer suas próprias guirlandas, árvores de natal ou presépios para vender.

Como comentamos, é tempo de buscar e comprar presentes, por isso, invista em comercializar brinquedos, roupas ou acessórios. Sejam eles artesanais feitos por você ou por algum fornecedor especial.

Se você tem bons dotes culinários e já tem experiência na área, a alimentação pode ser um bom meio para garantir uma renda extra, seja preparando ceias de Natal com comidas e bebidas característicos do período ou até mesmo produzindo panetones ou doces da época.

E se você optou por trabalhar nesse período para reforçar os cofrinhos neste fim de ano, vale a pena considerar a temporada de Natal e Ano Novo. Muita gente planeja viajar, o que possibilita você aproveitar o momento, seja auxiliando na venda de passagens, colocando eventualmente seu imóvel para alugar ou até se colocando à disposição para cuidar de bichinhos de estimação.

Antes de escolher qualquer uma dessas áreas, faça uma análise do seu perfil e como poderá atender melhor seus possíveis clientes. Analise o que sua região mais precisa.  Aproveitar o momento propício é essencial, mas não é a garantia de sucesso. O que mais vai fazer a diferença é o seu atendimento, serviço e preço. Por isso, é importante ter um bom planejamento e controle financeiro.

Então, planeje suas ações, pense em promoções para aproveitar a oportunidade das festas. Tenha sempre em mente quem é seu público-alvo e divulgue bastante! Seja entre estabelecimentos e pessoas conhecidas, como nas redes sociais, como Facebook e Instagram. Quem sabe você não descobre uma nova área para empreender e se formalizar com sucesso?

Boas festas e bom trabalho!


Publicado por
Em 29 de novembro de 2018

Escrever um comentário

Sem desculpas, vamos empreender?

Comece seu negócio pelo caminho certo e sem errar

Você já sabe as vantagens de ser MEI, já sabe que empreender pode ser a solução para os seus problemas, mas como começar a empreender? Qual é o primeiro passo? Hoje eu vou te ajudar (e te inspirar) a dar o pontapé inicial.

Depois de escolher o segmento que deseja atuar, faça uma ampla pesquisa. Veja como esse tipo de negócio se comporta no Brasil e depois na sua região, faça uma análise da concorrência e tenha um bom planejamento. Não se esqueça, faça muita pesquisa.

O planejamento será o seu melhor amigo! Ele irá definir os seus próximos passos como: orçamento, pontos fortes e fracos e muitos outros tópicos essenciais para o seu sucesso. Lembre-se de ser sensato na hora de fazer o seu planejamento, vamos trabalhar com a nossa realidade.

Um outro ponto que merece bastante atenção são as finanças. Dentro do seu planejamento, adicione um controle financeiro detalhado de todas as despesas do seu negócio. Não misture as finanças pessoais com as finanças da empresa e com as dos sócios (se houver), pesquise bem os seus fornecedores e sempre compare o custo-benefício.

Invista bastante em marketing, afinal a propaganda é a alma do negócio e não tem verdade mais absoluta que essa dentro do universo empreendedor. Faça um bom marketing digital, caso não possa contratar alguém para fazer isso por você, faça cursos online, mas não deixe o marketing digital de lado. Esteja bem ranqueado nas páginas do Google e sempre abasteça suas redes sociais com um bom conteúdo. Além de divulgar o seu negócio, você aproxima as pessoas.

Por fim, estabeleça as suas metas, mas seja realista. Não fuja do seu plano de negócio e assim que conquistar uma meta, trace uma nova. Saiba escutar o seu cliente, ele pode ser seu principal ajudante na hora das metas, afinal é ele que você quer atingir.

Agora pegue papel e caneta, respira, se inspira e comece a empreender!

Um forte abraço e até a próxima.


Publicado por
Em 1 de novembro de 2018

Escrever um comentário

O que você ganha sendo MEI?

Tornar-se Micro Empreendedor Individual é a oportunidade que você estava esperando.

Se você tem um empreendimento pequeno e tem vontade de abrir a sua própria empresa, agora é a hora! Hoje não é mais necessário perder tempo, gastar dinheiro e sola de sapato para abrir a sua empresa. Para se formalizar como Micro Empreendedor Individual (MEI) é muito fácil, basta acessar o portal do empreendedor, preencher alguns campos e pronto. Dessa forma, a sua empresa está formalizada e pronta para exercer as atividades dentro da lei.

 

Além de poder escolher o seu local de trabalho, sendo MEI você possui vários benefícios como abertura de CNPJ, emissão de nota fiscal e contratação de funcionários. O melhor de tudo é que você pode ficar tranquilo, pois o processo de formalização não tem custo nenhum, é grátis.

 

Depois de abrir a sua empresa, você só paga uma taxa simbólica, que é de acordo com seu tipo de atividade. Agora uma dica que vale ouro! Antes de começar, evite todo e qualquer tipo de dúvida, procure o pessoal do SEBRAE e planeje o seu negócio.

 

Tá esperando o que para se tornar MEI? Você só tem a ganhar.


Publicado por
Em 5 de outubro de 2018

Escrever um comentário